VAMOS FALAR SOBRE ÁLCOOL E SEXO?

Uma boa mistura, afinal o álcool desinibe, relaxa e nada mais vantajoso do que do que unir álcool ao sexo. É bem estimulante para tornar a vida sexual mais atraente.

O álcool deixa os desejos mais expostos e os tímidos ficam mais à vontade, mais animados diante do outro. Mas pode ser uma mistura perigosa por desencadear reações indesejáveis. Álcool em excesso provoca vasodilatação em todo o corpo e para o homem, ao invés do que muitos pensam, não é bom. A questão é que para ter ereção a vasodilatação deve estar concentrada no pênis, e ao ser distribuída não terá quantidade suficiente para preencher os corpos carvernosos e manter a ereção satisfatória, além de dificultar a ejaculação.  Já viu no que vai dar! Já na mulher o efeito é outro. O lado positivo é que afeta diretamente o lado afetivo, deixado mais relaxada ficando mais disponível para o sexo, mas por outro pode interferir na parte orgásmica, provocando anorgasmia (falta de orgasmo) e também causa desequilíbrio hormonal. O segredo está na dose. Já sabemos os prejuízos que o álcool provoca em todas as áreas da nossa vida, portanto é preciso consumir com moderação para não ter prejuízos físicos e psicológicos. Ah! Mas tomar um vinho para namorar é tão bom! Vinho e sexo são bons companheiros! Tomamos vinho ou o vinho nos toma? O vinho aguça os 5 sentidos, assim como o sexo. Como deixa-lo de lado? Não precisa, afinal um bom vinho e um bom sexo, fazem uma perfeita harmonização. Baco, deus do vinho, entendia muito bem disso! Para as mulheres o vinha funciona quase como um afrodisíaco, especialmente o tinto. Justamente por ser vasodilatador, melhora a lubrificação vaginal e aumenta a libido, causa a sensação de “corpo quente”. Mas nada de exageros, senão os efeitos podem ser danosos. Portanto, se quer um bom desempenho sem passar por sufoco, nada de beber demais, até porque ainda pode levar de brinde uma bela ressaca! Para quem gosta, beba com moderação e bom proveito!

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo